Prefeitura de Rio Branco decide não prorrogar rodízio temporário de veículos

A Prefeitura de Rio Branco anunciou, na noite desta quinta-feira (28), que não vai prorrogar o rodízio temporário de veículos. A medida começou no último dia 18 e termina no domingo (31).

O anúncio foi feito em uma live com a prefeita Socorro Neri, a secretária de Saúde de Rio Branco, Jesuíta Arruda, e o coordenador do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, Osvaldo de Souza Leal.

No encontro, a prefeita disse também que vai ampliar para 100% a rede de atendimento para pacientes com sintomas leves do novo coronavírus.

"O rodízio de veículos foi decretado para 14 dias, que completam no dia 31. Foi uma medida necessária nesse momento em que é preciso segurar a contaminação pelo novo coronavírus enquanto aguardamos concluir mais uma fase de expansão da estrutura de leitos clínicos e UTIs", disse Socorro Neri.

A prefeita disse ainda que na primeira semana o rodízio alcançou o objetivo de elevar o índice de isolamento social em Rio Branco, embora a tendência nacional seja de queda. "Seguiremos com as demais medidas até quinze de junho, a princípio."

O rodízio afetou apenas carros e motos de uso particular de pessoas que não são dos serviços essenciais que circulam nas vias da capital.

Segundo a determinação, em dias ímpares, só podem circular nas ruas veículos com o dígito final da placa ímpar; em dias pares veículos com o dígito final da placa par.

Um dia após o início do rodízio, a capital acreana apresentou apresentou o maior índice de isolamento social quando comparado com as segundas-feiras dos últimos 30 dias.

Isso foi o que mostrou um levantamento da empresa de softwares In Loco, que utiliza os dados de localização de celulares para fazer o estudo. A pesquisa mostrou que, na segunda (18), o índice de isolamento social em Rio Branco foi de 51,1%.

Reunião

Ainda na reunião on-line, a prefeita Socorro Neri disse que toda a rede das Unidades básicas e de referência vai estar disponível para atender os pacientes com sintomas leves do novo coronavírus.

Mesmo com o fim do decreto, a prefeitura destacou a importância do isolamento e distanciamento social para evitar a proliferação da doença no município.

A capital acreana tem 5,6 mil infectados e 122 mortes pela Covid-19. Mais duas mil pessoas já se recuperaram da doença e são consideradas curadas.

Atendimento

Ainda segundo a prefeitura, a partir de segunda-feira (1º), todos os servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco (Semsa) vão estar envolvidos no combate à doença.

Na segunda (25), a Unidade de Referência Maria Barroso, na região da Baixada da Sobral, começou a atender e fazer testes em pacientes com sintomas leves do novo coronavírus.

 

G1


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.