Acidente entre dois carros na Estrada do Pacífico registra duas mortes e três feridos

Avó e neta de cinco anos estão entra as vítimas fatais. Casal de idosos sobreviventes são transferidos para capital com ferimentos e mulher que dirigia sofreu queimaduras pelo corpo

Um acidente ocorreu por volta das 14h50 desta sexta-feira, dia 27, envolvendo um veículo modelo VW/Parati, placas NAC 5178, conduzido por Edivania Dominguins do Amaral (42), e que levava a neta Esther Sofia do Amaral, de cinco anos, teria invadido a contramão em uma curva no km 14 da BR 317 (Estrada do Pacífico), quando se dirigia para cidade.

No sentido contrário, rumo à Assis Brasil, uma caminhonete modelo Chevrolet, que era conduzido por Eliana Maria Heráclito Afonso Pessoa (38), que estava na companhia de seus pais, senhor José Tolentino Afonso, de 77 anos e Dona Maria Heráclito Afonso, de 76 anos, que iam rumo ao km 59, onde moram.

Incialmente, as autoridades estão trabalhando com a hipótese da vítima do carro VW, ter invadido a contramão na curva indo bater frontalmente contra a pick-up. Com o impacto, os dois veículos iniciaram um incêndio.

Testemunhas que chegaram após o acidente, ainda tiveram tempo de resgatar os ocupantes da pick-up, mas, foi tarde para resgatar a mulher e a criança. Ambas morreram carbonizadas.

Calor

Foi observado pelos Bombeiros, que o calor foi intenso, ao ponto de fazer com que as rodas de alumínio do VW derretessem e botijão de gás explodirem. Foi relatado que corote contendo gasolina foi retirado da carroceria da pick-up, o que poderia ter aumentado ainda mais as chamas e ter aumentado o número de vítimas fatais.

As vítimas

As vítimas fatais, Edivania Dominguins do Amaral (42), que levava a neta Esther Sofia do Amaral, de cinco anos, estaria retornando da casa de parentes do ex-esposo que moram no km 26, quando ocorreu o acidente. Também estão trabalhando com a hipótese de que algo possa ter tirado a atenção da motorista, já que estava com a criança no banco do carona, o que não é permitido.

Os sobreviventes

Os pais da motorista da pick-up, senhor José Tolentino Afonso, de 77 anos e Dona Maria Heráclito Afonso, de 76 anos, foram transferidos às pressas para a capital. O estado considerado mais delicado, foi informado que seria do ancião, com suspeita de trauma craniano, mas, somente na Capital após exames mais detalhados, poderão informar o estado clínico do casal.

Eliana Maria Heráclito Afonso Pessoa (38), a motorista, teve queimadura em algumas partes do corpo e ficou no hospital em observação. Seu estado clínico foi considerado normal e estava consciente.

Os Bombeiros, Polícia Militar e Policiais Rodoviários Federais estiveram no local. Os restos mortais das vítimas foram recolhidos por agentes do Instituto Médico Legal – IML, e levados para a capital para os procedimentos de praxe.

 

OALTOACRE


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.