Acidentes de trânsito no Acre diminuem 21% e mortes caem mais de 9% nos primeiros cinco meses do ano

De acordo com levantamento do setor de Estatística do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC) os números, de janeiro a maio deste ano, comparados com o mesmo período do ano passado, são favoráveis, tanto para  a incidência de acidentes, como para mortes no trânsito.

De janeiro até o mês de maio de 2020, o Acre registrou 1.387 acidentes de trânsito, o que representa uma média diária de 9,1 acidentes por dia em todo o estado. O número deste ano, comparado com os cinco primeiros meses de 2019, foi 25,5% menor. A média diária no ano passado, de janeiro a maio, chegou a 11,75 acidentes.

As mortes no trânsito tiveram uma pequena redução este ano. Até maio do ano passado, o Acre contabilizou 20 mortes resultantes de acidentes de trânsito. Em 2020, no mesmo período, são 19 óbitos. Com o crescimento da frota em um ano, o número representa uma redução de 9,4%, tendo como base o índice de vítimas fatais para cada 10 mil veículos.

 “Ainda não estamos satisfeitos com os índices. Queremos a cada mês diminuir ainda mais os acidentes no trânsito acreano. Essa redução tem ocorrido graças ao empenho das nossas equipes e o entendimento da população de que o Detran é um órgão parceiro, que com suas ações só tem o intuito de salvar vidas por meio de um trânsito cada vez mais seguro”, afirma Luiz Fernando Duarte, presidente do Detran/AC.

Segundo o Duarte, outro fator que contribuiu para a redução de acidentes foi o paralisação das atividades não essências e isolamento social dos acreanos durante a pandemia, que, como consequência reduziu a circulação diária de veículos nas vias e fez os índices de acidentes caírem nos meses de março a maio.


 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.