Rio Branco registra redução de 26,64% em acidentes de trânsito

Agência de Notícias

Dados do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC) informam que nos primeiros 10 meses do ano de 2020, período referente de janeiro a outubro, houve redução de 26,64% do número de acidentes viários em Rio Branco, em relação ao ano anterior.

No mesmo período, também houve a redução de 3,70% no número de vítimas fatais de acidentes de trânsito, se comparado aos dados de 2019.

Os dados são calculados considerando apenas acidentes ocorridos em vias estaduais, que correspondem à jurisdição do departamento, sendo excluídos acidentes em vias federais.

O presidente do Detran, Luiz Fernando Duarte, acredita que a redução é possível graças aos projetos desenvolvidos por meio de parcerias entre  Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (RBtrans) e o Projeto Vida no Trânsito da Secretaria Municipal de Saúde, além de 2020 ser um ano atípico em decorrência da pandemia.

“As nossas coordenadorias de fiscalização e educação de trânsito trabalham todos os anos para reduzir o número de acidentes no estado, levando conscientização e fiscalização para os condutores. Houve também no início da pandemia uma redução de circulação de veículos o que colaborou para esta redução”, afirma presidente do Detran/AC.

Números no Acre

Em se tratando do estado do Acre, de janeiro a setembro de 2020, houve uma redução de 24,15% do total geral de acidentes e uma redução de 8,7% de mortes, se comparado com o mesmo período de 2019.

Ações de fiscalização

Com intuito de coibir atitudes infratoras e auxiliar na fluidez viária, os agentes da Coordenadoria Integrada e Fiscalização de Trânsito (Ciftran) estão diariamente nas ruas de Rio Branco, em pontos com maiores índices de acidentes, realizando a Operação Visibilidade. A ação começou durante a pandemia e vai se estender até final do ano.

Ações de educação

Mesmo com as restrições impostas pelo isolamento social, a equipe de educação do Detran, realizou diversas atividades online, com a divulgação de lives, vídeos e cards informativos compartilhados pelas redes sociais.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.