Gladson prevê que 20% da população do Acre esteja vacinada na primeira quinzena de fevereiro

Por Wanglézio Braga/ Foto: Reprodução

Depois de alguns cancelamentos de audiências, o Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, recebeu o executivo do Acre, Gladson Cameli (PP) para uma reunião onde foi traçada a logística da distribuição da vacina contra o novo coronavírus. Na audiência realizada ontem (13), Gladson saiu bem otimista e declarou: "Hoje foi um dia muito positivo para o nosso estado”.

“Estivemos com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para conversar sobre a vacina contra a Covid-19 e entregar o Plano de Vacinação do Acre. O Ministério da Saúde garantiu que, ao sair a autorização da Anvisa para as vacinas que entraram com pedido de uso emergencial, entregará em nosso estado 40 mil doses até o dia 21 de janeiro e mais 150 mil doses até o dia 8 de fevereiro. Com essa previsão teremos 20% da população acreana vacinada até a primeira quinzena do próximo mês”, escreveu.

Cameli anunciou que o estado possui em estoque alguns itens para a campanha de vacinação. “Já temos 300 mil seringas e o MS enviará mais 300 mil. Também contaremos com o apoio do Ministério da Defesa para a distribuição das vacinas, que segundo o ministro será simultânea em todo o Brasil, mas o Acre, por conta do fuso horário, será o primeiro estado a iniciar a vacinação”, informou.

Por fim, o governador anunciou a data da chegada da vacina em nosso estado. “A previsão é que dia 19 de janeiro ocorra o lançamento da campanha de vacinação (após aprovação Anvisa) e no dia 20 inicie a distribuição de 8 milhões doses da vacina, sendo 6 milhões da Coronavac e 2 milhões da Astrazeneca”, conclui Gladson. 

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.