Governo federal assume gestão do abrigo de imigrantes em Rio Branco

Nos próximos dias, o governo federal estará assumindo um conjunto de ações para dar garantia ao processo de imigração.  Dentre elas, está a contratação de nove prestadores de serviços que irão trabalhar com o acolhimento, documentação, preenchimento de cadastros e organização das viagens dos imigrantes que chegam ao Brasil pelo Acre.

Segundo o secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos, Nilson Mourão, esta é a inauguração de uma nova etapa na gestão do abrigo. “Teremos uma equipe de nove pessoas pagas pelo governo federal para trabalhar com a questão migratória”, explicou.

O processo de transição se dá nesta sexta-feira, 2, e sábado, 3, com capacitação para as pessoas que assumem o abrigo a partir da semana que vem. Temas como direitos humanos, imigração e diversidade religiosa serão trabalhados nesses dois dias.

A contratação dos profissionais faz parte do acordo firmado em convênio entre os governos federal e estadual. Num segundo momento já está prevista a contratação de assistentes sociais, psicólogos e tradutores. A última etapa será voltada para a manutenção e adequação das melhorias físicas do abrigo.

O convênio tem duração de um ano, podendo ser prorrogado por igual período ou enquanto houver necessidade.

“Depois de uma extensa agenda de negociação, o governo federal está, aos poucos, assumindo a administração plena do abrigo, o que nos deixa muito felizes”, frisou Mourão.

Agência de Notícias do Acre


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.