Bestene ainda acredita em unidade do grupo do governo na disputa pela Prefeitura de Rio Branco

Antonio Muniz

Líder do PP na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado José Bestene, ainda credita na unidade do grupo que apoio o governo e consequentemente em candidatura única à Prefeitura de Rio Branco.  Bestene concedeu entrevista ao programa Boa Noite Rio Branco, nesta terça-feira, na TV Rio Branco-SBT.

Segundo Bestene, a pulverização de candidaturas é um equívoco e beneficia os partidos que integravam a extinta Frente Popular que deverão se unir para manter o controle sobre a Prefeitura da Capital. “Quem deve comandar esse processo é o próprio governador Gladson Cameli Ele é o nosso líder”, afirmou Bestene.

Beste afirmou ainda que o seu partido, o PP, embora também seja a sigla do governador, não é são será problema. O mais importante, segundo Bestene não é definir partido e tampouco candidato, mas todos caminharem unidos como ocorreu na disputa pelo governo.

O deputado entende que a mudança na legislação, proibindo coligações proporcionais obriga dirigentes a lutar ainda mais pelo fortalecimento de seus respectivos partidos, mas isso não pode e nem ser usado como desculpas para lançamento de vários nomes, uma vez que as candidaturas maioritárias continuam permitidas.

As pré-candidaturas do PP - Luziel Carvalho, diretor do Idaf e Thiago Caetano, secretário de Articulação Política, são classificada Por Bestene como algo natural, já que os demais partidos que apoiam o governo já fizeram o mesmo.

Base sólida

Bestene afirma que após alguns problemas, á devidamente solucionados, o governador Gladson Cameli consegui montar uma base sólida de apoio na Assembleia Legislativa. “Isso é fundamental em qualquer governo. Nesse sentido, o governador começa o segundo amo de gestçao nem melhor que o primeiro”, afirmou.

Bestene se diz otimista, tanto do ponto de visto político, quanto em relação à gestão  politico-administrativa, seja na capital ou no interior. O governador, segundo ele, conseguiu sanear as dívidas deixadas pela gestão anterior, seja com servidores ou fornecedores e prestadores de serviço e agora tem como investir mais em obras essenciais, gerando mais emprego no campo e na cidade.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.