"Um governo que não respeita aliados tende a ficar somente com as sombras do isolamento", diz Rocha sobre as exonerações de ontem

Por Marcelina Freire

O vice-governador do Acre, Wherles Rocha, usou as redes sociais na noite desta sexta-feira, 25, para demostrar o seu descontentamento com a exoneração do diretor-executivo do Instituto de Meio Ambiente do Acre (IMAC), Ranieldo Gabriel de Morais, publicada na edição de ontem, do Diário Oficial do Estado (DOE). Rocha, também negou que o engenheiro florestal tivesse ligação com o PSDB.

“Ranieldo nunca teve ligação com o PSDB, tampouco foi indicado por mim ou minha irmã. Ainda assim tenho que reconhecer que dentre os comissionados do IMAC era um dos poucos que tinham perfil. Alguém que encontrava soluções para os muitos problemas que eram apresentados”. Escreveu o vice-governador. 

Rocha disse ainda, sem citar nomes,  que o IMAC está entregue a um grupo determinado político. “Resta  lamentar que, com a saída de um técnico e a completa entrega do órgão a um grupo político, agora sim temos um feudo. Feudo esse que pelas minhas contas terá agora soma 151 sombras no governo”, lamentou. 

Mas, não foi só o técnico do IMAC que foi exonerado na edição de ontem do diário oficial, ao todo foram dez exonerações. As pastas atingidas foram: A Secretaria de Fazenda (Sefaz), a  Controladoria Geral do Estado , Secretaria de Estado de Educação (SEE), Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre)  e o IMAC. 

Rocha, não escondeu o descontentamento com as mudanças e finalizou a postagem dizendo: “Observando de onde parte essa tentativa de imputar a mim, a minha irmã ou ao PSDB a formação de um feudo, fico pensando se fossemos nós a ter toda a família empregada no Estado. Bem, isso é assunto para outra postagem.  Finalizo salientando que um governo que não respeita aliados tende a ficar somente com as sombras do isolamento”, disse Wherles Rocha.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.