Governadores de 21 estados querem manter congelamento de preço médio de combustíveis

21 dos 27 governadores brasileiros já indicaram o apoio a uma nota pública em que pedem a prorrogação do congelamento do Preço Médio Ponderado ao Consumidor Final (PMPF) dos combustíveis. O atual congelamento tem prazo de 90 dias e se encerra na próxima segunda-feira (31). Em uma minuta ao texto que será apresentado apenas nesta quinta-feira (27) ao Conselho Nacional de Política Fazendária, AP, AM, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RS, SC, SE e SP indicaram apoio às manutenções.

“O que os governadores queremos é fazer mais um gesto para o diálogo e entendimento”, disse o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), que coordena o grupo. Na minuta do texto, os governadores justificam a decisão como uma forma de conter a inflação, e pedem a revisão da política de paridade internacional da Petrobras, que alinha seus preços com o mercado internacional.

A mensagem vem na mesma semana em que o governo de Jair Bolsonaro ensaia apresentar uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para pressionar os estados a diminuir o valor dos impostos estaduais dos combustíveis. Os detalhes ainda não foram apresentados pelo governo federal, mas o presidente fala em um texto que autorize os governadores a zerarem os impostos relativos aos combustíveis. O texto deve passar a ser mais conhecido e debatido nas próximas semanas, à medida que o Legislativo retornar aos trabalhos em 2022.

[Congresso em foco]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.