Vereador eleito Adailton Cruz agradece apoiadores e acredita na virada de Socorro Neri

Por Antônio Muniz

Um dos três parlamentares da bancada do PSB na Câmara de Rio Branco, em entrevista ao programa BR Notícias, apresentado pelo jornalista Antonio Muniz, na TV Rio Branco-SBT, afirmou que vai representar os cidadãos acreanos de um modo geral, mas a defesa dos interesses dos trabalhadores em Saúde será uma das prioridades de seu mandato.

Enfermeiro da rede pública, funcionário estadual, Adailton é natural de Tarauacá-Acre, mas veio morar em Rio Branco ainda muito jovem. Projetou-se politicamente em função do bom trabalho realizado como presidente da Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac), o segundo maior do Acre, tanto que foi reeleito sem muita dificuldade.

Durante a campanha, Adailton afirma ter vista algo que o deixou sensibilizado:  as dificuldades de muita gente em função da falta de oportunidade de emprego. Ele afirmou que a nosso juventude precisa de oportunidade de trabalho. “Vamos lutar para que o poder público possa criar um ambiente capaz de oferecer oportunidade aos nossos jovens, inserido a maioria no mercado de trabalho”, firmou.   

VIRADA

Apoiador da candidatura da prefeitura Socorro Neri, sua colega de partido, à Prefeitura de Rio Branco, Adailton afirmou que chegou a hora da virada. Disse ainda que a vantagem em favor do candidato do PP, Tião Bocalom é muito grande e torna a missão mais difícil. “É difícil, mas não impossível. Estamos na uta e acreditamos na vitória de virada”, afirmou.

Adailton firmou que os novos aliados de Bocalom vão causar efeitos negativos. O vereador eleito lembrou que os adversários da prefeita passaram a campanha trocando farpas e se digladiando, mas agora esquecem tudo e se juntam apenas pela vontade de chegarem ao poder. “Eles defendem propostas nocivas aos interesses dos trabalhadores, como exemplo, podemos cita as reformas em pauta”, afirmou Adailton.

Agradecimento

Ao fim do programa, o novo vereador agradeceu a todos pelo apoio, em especial aos trabalhadores em saúde que se uniram e foram à luta, transformando o sonho em realidade. “Com muita fé em Deus e na força dos nossos amigos conseguimos vencer. Vamos trabalhar muito para honrar o voto de cada um que acreditou em nossas propostas”, afirmou. Ele lamentou a morte de dezenas de amigos da saúde que apoiaram sua candidatura, mas não tiveram tempo para presenciar a vitória, pois morreram, vítimas da covid-19


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.