Petista Daniel Zen aparenta incômodo com a filiação de Minoru Kinpara no PSDB

Por Wanglézio Braga

O deputado, Daniel Zen (PT), anda descontente com a filiação do ex-petista e membro da Rede Sustentabilidade, Minoru Kinpara, ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Em rede social, Zen chegou a questionar o motivo da escolha do ex-reitor da Universidade Federal do Acre (UFAC) em pedir filiação ao grupo dos tucanos. Na postagem de hoje (20), o parlamentar enumera alguns posicionamentos do PSDB sobre as universidades brasileiras.

“Não tenho nada a ver com a vida alheia, muito menos com a orientação política de quem quer que seja. Mas, vejamos: No Governo FHC, todos lembram da situação de sucateamento das universidades federais. O PSDB, defensor do liberalismo, sempre arrastou uma asa para o ensino superior privado. O PSDB votou em peso na PEC do Teto (EC n° 95/2016) que tá destruindo o ensino público... Fora isso, o PSDB, um defensor xiita da política de austeridade fiscal, apoiou os cortes e contingenciamentos da dupla Bolsonaro/Weintraub para as universidades e institutos federais”, escreveu Zen.

Em seguida, apresentando total incomodo com os caminhos políticos escolhidos por Minoru Kinpara, Daniel Zen questiona como um ex-presidente do PT no Acre teria coragem para migrar ao PSDB.

“Minha pergunta é: como uma pessoa que foi presidente do Diretório Regional do PT/AC, candidato ao Senado da República pela REDE Sustentabilidade e se notabilizou politicamente sendo reitor da Universidade Federal do Acre (Ufac) se filia a um partido político assim?”, questionou.

FESTA NO NINHO TUCANO

A diretoria do PSDB promete uma festa grandiosa para a filiação do professor Kinpara. A solenidade acontece neste sábado (21) a partir das 8h30mim no Hotel Terra Verde, centro de Rio Branco. A carta de filiação à agremiação será recebida por dirigentes do partido na presença de figuras importantes como da deputada federal, Mara Rocha, que é considerada uma das interlocutoras entre o ninho tucano e ex-reitor. Também deve comparecer o vice-governador, Gladson Cameli. 

Desde as últimas eleições, Kinpara vem sendo assediado por grupos políticos e novos partidos. Além de sua trajetória na Universidade, ele obteve sem muito esforço 112.989 mil votos, mas não conseguiu uma vaga de senador da república pelo Acre.  

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.