PF faz busca e apreensão na casa de Ibaneis Rocha e ex-secretário do DF

A PF (Polícia Federal) cumpre hoje mandados de busca e apreensão em endereços de Ibaneis Rocha e na casa do ex-secretário executivo da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal Fernando de Souza Oliveira. Agentes chegaram à casa de Ibaneis por volta das 14h30.

Os mandados miram: 

  • A casa de Ibaneis no Lago Sul, um dos bairros mais nobres do país;
  • O Palácio do Buriti, sede do governo do Distrito Federal;
  • Um escritório ligado ao governador afastado;
  • A sede da Secretaria de Segurança do Distrito Federal;
  • E a casa do ex-secretário;

As medidas foram autorizadas por Alexandre de Moraes, ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), a partir de pedidos da PGR (Procuradoria-Geral da República). A PF afirmou que as ações de hoje buscam "provas para instruir o inquérito instaurado" sobre os atos golpistas que resultaram na depredação da Praça dos Três Poderes no dia 8. Sob investigação. Na sexta-feira passada, o ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal) abriu inquérito para apurar a conduta de Ibaneis e de Anderson Torres, ex-ministro de Bolsonaro e ex-secretário de Segurança do DF, durante os atos golpistas do dia 8. Em depoimento à Polícia Federal, também na sexta passada, Ibaneis falou que a responsabilidade de garantir a segurança na capital federal era integralmente da Secretaria de Segurança, ocupada por Torres. Ele foi exonerado do cargo após os atos. 

O governador acrescentou que foi "absolutamente surpreendido com a falta da resistência exigida para a gravidade da situação por parte da PM/DF", e que ficou revoltado quando viu cenas de alguns policiais se confraternizando com manifestantes. Ibaneis foi afastado por 90 dias do governo do Distrito Federal por determinação do STF, que considerou que ele não agiu para conter os atos de violência. Fernando Oliveira prestou depoimento ontem. Para a PF, o ex-secretário disse que Torres não passou nenhuma orientação específica para inibir a manifestação golpista do dia 8. le afirmou que Torres não o "apresentou aos comandantes das forças policiais" antes de viajar aos Estados Unidos, onde passaria "férias". Oliveira ficou como substituto na Secretaria de Segurança enquanto o titular estava em Orlando —mesmo local onde ainda está o ex-presidente Jair Bolsonaro. orres está preso em Brasília desde o último sábado e deve prestar um novo depoimento à PF (Polícia Federal) na segunda-feira de manhã.

[UOL]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.