Bocalom garante que a equipe da prefeitura está preparada para a campanha de vacinação contra Covid-19

Por Wanglézio Braga

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (PP) manifestou hoje (19) a emoção de ver a chegada da vacina contra o novo coronavírus (Covid-19). Bocalom foi uma das autoridades que esteve presente nas cerimônias ocorridas no Aeroporto Internacional de Rio Branco, quando a carga chegou ao Acre em um voo da FAB e no Pronto Socorro onde foram vacinadas as primeiras pessoas no estado.

“Estou muito feliz com a chegada da vacina. A nossa equipe está preparada para a campanha de vacinação. Nessa primeira etapa, apenas os idosos do Lar dos Vicentinos e profissionais da saúde da linha de frente no atendimento às pessoas com o coronavírus serão vacinadas”, escreveu o prefeito em sua rede social.

Antes, porém, Bocalom citou um versículo bíblico que fala sobre ser paciente ao sofrer tribulação, baseado em Romanos 12:12. "Alegrem-se na esperança, sejam pacientes na tribulação, perseverem na oração”.

Durante a solenidade ocorrida no auditório do Pronto Socorro, Bocalom fez inúmeros elogios ao Governador Gladson Cameli (PP). Ele citou que o governador “perdeu muitas noites de sono para trazer doses de esperanças para nós. Eu tenho certeza que a dedicação foi de corpo e alma para poder salvar vidas. Se infelizmente perdemos algumas, não foi por falta de dedicação desse time”, comentou.

O prefeito destacou ainda que a primeira remessa de vacina que desembarcou no estado não vai imunizar toda a população de pronto, ou seja, apenas os profissionais de saúde e os grupos prioritários como idosos. “Na hora certa será avisada à população quando ficará disponível para todo mundo. Por tanto, não tem vacina suficiente para a população somente para os profissionais da saúde. No total, em todo o estado são nove mil profissionais da Saúde e em Rio Branco apenas 3.500”, informou. 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.