Vereador Luz sugere comissão de investigação das lâmpadas de LED

Da redação/Foto: Márcio Nunes

Na volta das sessões presenciais na Câmara Municipal nesta quinta-feira, 15 de outubro, o vereador João Marcos Luz (MDB) cobrou mais qualidade na execução da instalação das lâmpadas de LED e sugeriu a abertura de uma Comissão de Investigação para apurar supostas irregularidades nos contratos e serviços de iluminação da Prefeitura. O emedebista reafirmou que o valor de R$ 48 milhões solicitado pela Prefeitura para este serviço foi exorbitante e não vem beneficiando integralmente a população como prometido.

"Estou trazendo mais uma vez a preocupação com os R$ 48 milhões que a prefeitura contraiu de empréstimo, após aprovação desta Casa, para iluminar a cidade. Nós vereadores temos que questionar a qualidade destas lâmpadas. Digo isso porque uma das reclamações que recebi de moradores da Rua Luiz Morais, no Tancredo Neves, é de que as lâmpadas de LED já queimaram. Uma outra reclamação que venho recebendo da população é que estão passando nas ruas principais e esquecendo as transversais. Desta forma, questiono: será que realmente vai chegar em toda Rio Branco como prometeram? Será que não tem um planejamento mínimo para execução do serviço? A execução está deixando a desejar. É um assunto que a casa não pode deixar de discutir porque é muito dinheiro e temos que dar uma satisfação à população. Sugiro que seja instalada uma CPI para investigar. É muito dinheiro para este desmando", ressaltou.

Luz também relatou que empresas que participaram da licitação estão reclamando de ilegalidades.

"Recebi reclamações de empresários que participaram desta licitação e se sentiram prejudicados porque disseram que teve ilegalidades no processo e que há possibilidade de cartel. Pedi provas e avisei que quando tiver documentos que comprovam vou denunciar. Não podemos deixar de dar uma resposta clara e objetiva à população. Vocês lembram que ano passado teve uma parceria da Prefeitura com a Energisa de mais de um milhão de reais. Já estão tirando aquelas lâmpadas e colocando outras".

O vereador também falou sobre o retorno das sessões presenciais na Casa do Povo. "Esta Casa tem os maiores anseios do povo de Rio Branco. Daqui podemos resolver minimamente os diversos problemas da nossa cidade", finalizou.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.