Bocalom comemora o aval de Gladson e Mailza para disputar a prefeitura de Rio Branco

Por Wanglézio Braga

O ex-diretor da Emater e ex-prefeito de Acrelândia, Tião Bocalom, anunciou hoje (15) em sua rede social que foi “abençoado” pelo governador Gladson Cameli e pela senadora da república, Mailza Gomes para ser o candidato do Partido dos Progressistas (PP) rumo às eleições de novembro para a Prefeitura de Rio Branco.

Bocalom postou uma foto ao lado de Gladson e Mailza onde agradece a oportunidade. “Obrigado governador Gladson Cameli e à direção do progressista, na pessoa de nossa presidente estadual Mailza Gomes, pela oportunidade de poder disputar a prefeitura de nossa capital com vossas bênçãos! Darei tudo de mim! Continuarei como soldado no front de batalha! A vitória virá com a confiança de nosso querido povo rio-branquense e as bênçãos de nosso querido Deus!”, escreveu.

A senadora Mailza Gomes comentou alguns detalhes da reunião ocorrida hoje. “Durante a reunião, o governador Gladson Cameli disse que vai seguir a decisão do partido e apoiar o melhor nome para a disputa em Rio Branco: Tião Bocalom. Ele ressaltou que o projeto Progressita para melhorar a vida dos acreanos continua.  Bocalom é competente e está disposto a contribuir para o desenvolvimento de nossa capital acreana. Ele tem todas as características de um gestor eficiente, já foi reconhecido pelo Sebrae como “prefeito empreendedor” e a Caixa Econômica o homenageou pelas boas práticas implementadas na única cidade planejada do Acre, Acrelândia”, comentou Mailza Gomes.

Sem mais detalhes quanto uma possível chapa pura sangue, o PP por enquanto descarta qualquer acordo com outras lideranças. No entanto, não é de hoje que o governador Gladson Cameli vem demonstrando “paixão” pelo nome da Prefeita Socorro Neri (PSB). Socorro foi vice-prefeita de Marcus Alexandre (PT). Ele deixou o comando da prefeitura para disputar com Gladson o governo, só que perdeu. Socorro Neri colocou seu o nome à disposição do PSB para concorrer às eleições. Nesse ínterim, não se sabe de qual lado o governador vai ficar. 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.