Eleições no Acre: 14 candidatos já pediram renúncia e sete tiveram os pedidos indeferidos

Por Wanglézio Braga

A justiça eleitoral corre contra o tempo para tentar julgar todas as situações de candidaturas das eleições municipais no Acre. É nesse processo que, de fato, é avaliado se há ou não impedimentos, dentro da legislação, para que os candidatos concorram às vagas de prefeito, vice-prefeito ou vereador.

No Acre, segundo o DivulgaCand 2020 – Sistema de Divulgação de Candidatura e Contas Eleitorais – do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 3.013 realizaram o pedido, mas até o momento 798 já possuem o aval positivo do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Outro número recorrente é de que 2.194 estão aguardando um posicionamento da Justiça.

Portal O Rio Branco consultou o DivulgaCand na manhã de hoje (14) e verificou  que 14 (66,67%) pediram renúncia de candidatura e que sete (33,33%) tiveram os pedidos indeferidos, ou seja, foram considerados inaptos.

Os sete considerados inaptos concorriam ao cargo de vereador: 1 pelo PT em Marechal Thaumaturgo, 4 pelo Democracia Cristã em Senador Guiomard, 2 em Feijó sendo um pelo PT e outro pelo PCdoB.

São várias as condições de inelegibilidade que impossibilitam um cidadão de concorrer a um cargo eletivo; Situações decorrentes de ilícitos eleitorais, condenações criminais, rejeição de contas, faltas ético-profissionais graves e utilização de cargos públicos para ganhar benefícios. Essas e outras condições estão previstas na Lei de Inelegibilidades, que completou em maio deste ano 20 anos de vigência.

Caso o candidato preencha todas as condições de elegibilidade, isto é, não tenha nenhuma contestação e o pedido tenha sido acatado, a situação que aparecerá no sistema DivulgaCand 2020 será “apto” e “deferido”.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.