Marina critica Ricardo Salles por deixar o Brasil perder R$ 1 bilhão do Fundo Amazônia

Por Wanglézio Braga

A ex-senadora do Acre e uma das principais ativistas das causas ambientais, Marina Silva (REDE), classificou a atual gestão do Ministério do Meio Ambiente do Governo de Jair Bolsonaro (SEM PARTIDO) como “desastrosa” após a notícia de que projetos de conservação de florestas da Amazônia estão parados por conta da falta de acordo de dois países da Europa com o governo brasileiro sobre o “Fundo Amazônia”.

“O Brasil perdeu mais de 1 bilhão de reais do Fundo Amazônia em 2019 em função da péssima gestão do ministro Ricardo Salles. As consequências foram desastrosas para proteção da Amazônia”, criticou Marina.

Alemanha e Noruega não fizeram os repasses previstos para 2019 e mais de R$ 1 bilhão deixaram de chegar ao nosso país. O investimento europeu foi estancado porque o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, levantou dúvidas sobre a eficiência dos projetos em 2019 e sugeriu mudanças nas regras para o uso dos recursos.

Os dois países também pediram ao BNDES que suspendesse a análise das propostas até o fim das negociações com o Ministério do Meio Ambiente, que não têm prazo para terminar. Assim, o ano terminou sem nenhuma reunião do conselho orientador e nenhum novo projeto aprovado.

Para piorar a situação, um decreto federal colocou fim ao “Comitê Orientador do Fundo Amazônia”. O comitê é quem definia as prioridades nos investimentos e também acompanhava de perto, como uma auditoria, os resultados obtidos.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.