Bocalom e Marfisa são oficializados em convenção

"Vai ter Boca sim" nas eleições 2020! O partido Progressistas e o PSD realizaram na noite desta sexta-feira, 11, convenção e homologaram os nomes de Sabastião Bocalom e Marfisa Glavão candidatos a prefeito e vice resperctivamente. O evento ocorreu em uma produtora localizada no bairro Raimundo Melo. Durante o evento os partidos coligados apresentaram 52 candidatos a vereadores na chapa encabeçada por Bocalom. Presente ao evento, o senador Sérgio Petecão (PSD), falou sobre as dificuldades  enfrentadas desde o inicio do processo e se disse preparado para encarar o desafio, desta vez, tendo sua esposa na chapa majoritária. “Minha esposa que nasceu e se criou na Cidade Nova foi candidata a federal e teve mais de 17 mil votos e eu graças a Deus tive 120 mil votos só em Rio Branco como senador. Vamos conversar com o povo, com o pé no chão e vamos apresentar o nosso candidato que já tem o nome massificado e dispensa apresentações”, disse o empolgado senador.

Outro entusiasta da candidatura de Bocalom, o deputado José Bestene, fez um discurso voltado para a coragem que os partidos tiveram em abraçar a candidatura de Bocalom. Bestene aliado de primeira hora do governador Gladson Cameli, foi um dos primeiros a fechar questão pela dobradinha PP/PSD.

Em conversa com a imprensa, o agora candidato Tião Bocalom falou  sobre sua trajetória política e ainda aproveitou para alfinetar o governador e a prefeita ao mesmo tempo. "Em 2010 eu enfrentei a máquina e quase ganhei. Enfrentei novamente em 2012 e vocês sabem o que aconteceu. Agora em 2020 enfrentarei mais duas máquinas, mas Deus sabe do meu coração. Nada foi fácil pra mim, mas acredito que com o apoio de dois senadores posso chegar a ser escolhido prefeito da nossa Rio Branco”, disse. O evento contou com pouca participação popular por orientação dos orgãos de saúde, em virtude da pandemia do novo coronavírus.

 

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.