Genro de Bestene assume, interinamente, presidência da Fundhacre

Antonio Muniz

Moisés Marcelo de Lima é o novo diretor-presidente da Fundação Hospitalar do Estado do Acre (Fundhacre). A nomeação foi publicada nesta sexta-feira, no Diário Oficial do Estado. Ele assume o cargo deixado pelo coronel da Reserva do Exército Lauro de Melo, o último coronel a deixar a Sesacre.

Moisés é genro do deputado José Bestene (PP), que teve seu nome cotado várias vezes para assumir a Secretaria de Saúde, cargo que exerceu no governo Orleir Cameli e deixou marcas positivas. Moisés não vai encontrar muita dificuldade para se adaptar a novo cargo, uma vez que era diretor executivo.

Moisés que foi demitido em setembro do ano passado, quando houve princípio de crise entre Bestene e Gladson Cameli, mas logo em seguido retornou ao cargo e agora assume, interinamente, o maior posto na administração da Fundhacre. Há quem diga que Moisés será efetivado no cargo, mas há também informação de que será apenas algo passageiro.

A nomeação de Moisés, mesmo em caráter provisório, é uma prova de que o deputado José Bestene volta a ter prestígio no governo progressista que ele ajudou a construir. Vale lembrar que Bestene comandou o PP antes, durante e depois da vitória de Gladson Cameli. Além disso, existe amizade pessoal entre Bestene e Gladson.

Quanto ao retorno do doutor Alysson Bestene ao cargo de secretário de Saúde, tal fato se deu muito mais pela amizade entre ele e o governador do que a influencia de Bestene junto ao governo. No final do ano passado, contentes com a saída de Lauro Melo, vários servidores chegaram a pedir a volta do doutor Lúcio Brasil. O apelo voltou a ser feito na primeira semana deste ano.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.