Deputada acreana alerta: “O Fundeb acaba neste ano. Sem ele, a educação no Brasil vai parar”

Por Wanglézio Braga

A deputada federal, Perpétua Almeida (PCdoB) usou as redes sociais para alertar a população para o fim do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) e diz que iniciou uma campanha para a provação da PEC 15/15 que financiaria a educação básica no país.

“O Fundeb acaba neste ano, no dia 31 de dezembro. Sem ele a educação básica no Brasil vai parar de funcionar. Para evitar isso, estamos em uma grande campanha pela votação da PEC 15/15, que vai financiar a educação básica desde a creche até o Ensino Fundamental e colocará essa obrigatoriedade, de forma permanente, na Constituição Federal. Entre nessa campanha com a gente! Mobilize os parlamentes do seu estado e município!”, escreveu.

Vale lembrar que O Fundeb é a principal fonte de recursos da educação básica, respondendo por mais de 60% do financiamento de todo o ensino básico do país, etapa que vai do infantil ao ensino médio. O fundo é composto por recursos que provêm de impostos e transferências da União, estados e municípios.

O presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta semana que vai levar à votação no plenário, na próxima semana, a Proposta que institui o Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) permanente. Criado em 2006, o Fundeb é temporário, e será extinto em dezembro caso não seja votada uma nova regulamentação.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.