Marina diz que pediu a Deus que Bolsonaro tenha recuperação rápida: “ E que também mude sua postura”

Por Wanglézio Braga

Autoridades políticas do Acre estão usando as redes sociais para expressar votos de saúde e rápida recuperação ao presidente Jair Bolsonaro (SEM PARTIDO) que testou positivo para coronavírus nesta terça-feira (07). Entre as figurinhas conhecidas, a ex-ministra do Meio Ambiente e ex-senadora e uma das principais oposicionista ao governo do presidente, Marina Silva (REDE). 

Em sua conta no Facebook, Marina Silva diz que pediu a Deus que o presidente tenha uma rápida recuperação. Mas, ao seu modo e tom, Silva criticou a postura de Bolsonaro em relação à doença. “Peço a Deus que o presidente possa se recuperar prontamente, com a adequada ajuda da medicina, e que também mude sua postura de insensibilidade e insensatez em relação à pandemia no Brasil”, escreveu.

Entre uma publicação e outra, Marina Silva alfinetou Bolsonaro principal defensor da hidroxicloroquina (Popular Cloroquina) no tratamento da Covid-19. À imprensa, Bolsonaro falou sobre o uso do medicamento no tratamento da infecção e se diz perfeitamente melhor.

“Dados os sintomas, equipe médica resolveu aplicar hidroxicloroquina. Tomei ontem por volta das 17h o primeiro comprimido. Também azitromicina. Todo aquele composto foi ministrado e confesso que, eu como acordo muito durante a noite, depois da meia-noite consegui sentir alguma melhora. Às cinco da manhã, tomei a segunda dose da cloroquina e, confesso pra vocês, estou perfeitamente bem”, disse Bolsonaro sendo alfinetado por Marina Silva. “Posar de garoto propaganda de um remédio que não tem eficácia comprovada e dizer que não há risco para determinados segmentos da sociedade não condizem com o grau de responsabilidade que deveria orientar a atuação do ocupante do mais alto posto da República”.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.