Petecão diz que pré-candidatura de Bocalom tem respaldo da direção nacional do PP

Antonio Muniz

Em entrevista ao jornalista Antonio Muniz, no programa RB Notícias, nesta terça-feira, 07, ao vivo, na TV Rio Branco-SBT, o presidente regional do PSB, senador Sérgio Petecão afirmou que a pré-candidatura do ex-prefeito de Acrelândia e suplente de deputado federal, Tião Bocalom à Prefeitura de Rio Branco pelo PP, tem respaldo da direção nacional do partido.

Apesar de não acreditar em possível “virada de mesa” e intervenção do governo na direção regional, algo que poderia resultar na retirada da pré-candidatura de Bocalom, como ocorreu no PSL, que sofreu intervenção e “fritou” a pré-candidatura do empresário Fernando Zamora, Petecão conversou com o presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira (PI). “O Ciro é meu amigo de longa data e nos deu total garantia”, afirmou.

Petecão disse ainda que apesar de o governador Gladson Cameli (PP) ter declarado, publicamente, apoio à reeleição da prefeita Socorro Neri (PSB) há duas semanas e afirmado nesta segunda que quem não seguir o mesmo caminho terá que pedir pra sair, ainda acredita em reviravolta. “Eu ainda credito que o governador vai se unir ao nosso grupo e apoiar Bocalom, que é o candidato do PP, partido dele”, afirmou.  

Otimismo

Petecão externou seu otimismo em relação ao bom desempenho de Bocalom na pesquisa do Instituto Delta, publicada nesta segunda-feira.  A pesquisa revela empate técnico entre a prefeita Socorro Neri (PSB) e o Minoru Kinpara (PSDB). Bocalom aparece em quarto lugar empatado com Roberto Duarte (MDB). 
“Bocalom ainda não disse a ninguém que é pré-candidato. Mesmo assim aparece com 14 pontos percentuais. Isso mostra que estamos no caminho certo e que ele vai vencer a disputa em Rio Branco. Não tenho dúvida”, afirmou. Ainda segundo Petecão, quem pensa que Bocalom está morto vai se surpreender.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.