Léo, Perpétua e Flaviano fecham com Baleia Rossi

Por Wanglézio Braga

Flaviano Melo (MDB) é mais um deputado federal da bancada do Acre que manifestou apoio ao deputado Baleia Rossi (SP-MDB) que é candidato a presidente da Câmara Federal. Em um breve comunicado em sua rede social, o parlamentar ressaltou que “O #MDB é o #PontoDeEquilibrio para que a independência e a harmonia entre os poderes sejam sempre preservadas, como diz nossa Constituição. Por isso, nosso Baleia Rossi já tem o apoio de dez partidos, fora o nosso, para concorrer à Presidência da Câmara, no próximo dia 1 de fevereiro”.

A postagem de Flaviano aconteceu a um dia da visita do também candidato a presidente da Mesa Diretora da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), ao Estado do Acre. Lira cumpre agenda em Rio Branco, nesta quinta-feira (07) após passar em Porto Velho. Em terras acreanas, ele vai pedir apoio do governador Gladson Cameli (PP) e da bancada acreana.

Ainda sobre o apoio de Flaviano a Baleia Rossi, o presidente da sigla no Acre ressaltou que “Baleia é um dos grandes nomes nos quadros do nosso Glorioso e tenho certeza de que terá muito sucesso na condução dos trabalhos da Câmara dos Deputados”.

Nesta semana, a deputada federal e líder do PCdoB na Câmara, Perpétua Almeida, anunciou apoio formal à chapa do emedebista. Ontem (06), após participar de uma coletiva de imprensa, a comunista publicou, em rede social, justificativas para apoiar o candidato.

“O Baleia é um deputado de oposição? Não. O Baleia é um deputado de esquerda? Não. O Baleia é o candidato que, se ganhar a Presidência da Casa, vai manter a Câmara livre e independente para que possamos dar respostas à população diante dessa crise econômica, política, social e de saúde pública que estamos enfrentando. A Câmara não pode ser um puxadinho do Palácio do Planalto!”, escreveu.

O deputado Léo de Brito (PT) também manifestou apoio a Rossi via postagem em rede social. Ele compartilhou uma carta que vai de encontro com a manifestação do Partido dos Trabalhadores (PT). No documento, a sigla informa que resolveu apoiar o deputado de SP seguindo um compromisso firmado pelo candidato com os partidos de oposição (PT, PSB, PDT e PCdoB) em defesa da democracia, da independência do Poder Legislativo e de uma agenda legislativa que contemple direitos essenciais.

Vale lembrar que a eleição da nova Mesa Diretora da Câmara acontece em 1° de Fevereiro. A apuração dos votos começa pelo cargo de presidência da Câmara. Para ser eleito em primeiro turno, o deputado precisa ter a maioria absoluta dos votos, isto é, 257 deputados votando a favor dele. Caso isso não ocorra, os dois mais votados disputam o segundo turno para a presidência da Câmara dos Deputados. Se, por ventura, ocorra um empate, assume o candidato com mais idade. Em seguida, o presidente da Câmara já toma posse.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.