Rocha afirma que quer fortalecer o PSL e agradece reconhecimento dos tucanos

Antonio Muniz

“Eu quero ajudar o PSL a se tornar ainda maior”, afirmou o novo presidente da executiva municipal de Rio Branco, vice-governador Wherles Rocha, ao ser entrevistado pelo jornalista Antonio Muniz, no programa RB Notícias, nesta sexta-feira, ao vivo, na TV Rio Branco-SBT.

“Acho que por falta de habilidade minha, deu toda essa confusão. Não estou no PSL com interesse de ser presidente do partido, vim para somar, para ajudar o estado e o país. Quero deixar bem claro que não vou para a campanha do PSDB, agora eu sou PSL”, afirmou.

Rocha afirmou que, desde quando trombou com algumas lideranças nacionais do PSDB, após pedir a expulsão do senador Aécio Neves, ficou sem clima no partido e procurou outra sigla. “O PSL é partido que mais se identifica comigo, por suas ideias liberais. Vamos tornar o PSL um partido ainda mais forte”, afirmou o novo liberal.

Rocha disse ainda que se o governador Gladson Cameli não for candidato à reeleição, vai para disputa. “Tenho uma relação muito boa com o governador. Se ele não for candidato, eu vou para a reeleição. Vamos tornar o PSL um partido ainda mais forte”.

Zamora

Quanto ao empresário e pecuarista  Fernando Zamora, que  teve seu nome retirado da disputa pela Prefeitura de Rio Branco e fez duras criticas a Rocha por ter, segundo ele, articulado o fim de sua pré-candidatura à Prefeitura de Rio Branco, o vice-governador afirmou que vai conversar com Zamora e convidá-lo a continuar no partido.

Rocha disse ainda tem Zamora como amigo. Não por acaso, a deputada federal Mara Rocha chegou a indicá-lo para ser como ser secretário de agronegócio. Ele não foi nomeado porque a informação vazou e o governador Gladson Cameli referiu manter Paulo Wadt no cargo.

O novo social libera também afirmou que se algumas lideranças do PSL se sentir ofendida com sua filiação ele também está disposto a conversar e esclarecer algumas informações deturpadas. “Eu faço política com humildade transparência e profundo respeito a todos. Entrei no PSL para somar, para tornar o partido mais forte, não para dividir ou enfraquecer meu novo partido”, afirmou.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.