Polícia apresenta quatro suspeitos de estupro

O Grupo Especial de Capturas da Polícia Civil (GCAP) apresentou quatro pessoas suspeitas de cometer crime de estupro  em Rio Branco, na manhã desta quinta-feira (28). As vitimas, segundo a polícia, tinham entre 9 e 28 anos.

São Raimundo Ferreira Gomes, 30 anos, condenado a 14 anos de prisão, Marcos Antonio Rambu Lopes, 47, também já condenado, Raimundo Tertuliano Mota da Silva, 63 anos e Aldemir Valentin Siqueira de 38 anos, ambos com prisão preventiva.

De acordo com o delegado responsável pelas prisões, Fabrizzio Sobreira, a polícia chegou até os suspeitos através de denuncia dos próprios familiares ou por denuncia anônima. Todas as vítimas possuíam um grau de parentesco ou eram muito próximas aos suspeitos que usavam de ameaças para cometer os abusos.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.