Jovem é torturada e estuprada dentro de sua própria residência em Acrelândia

 

Davi Sahid

Uma moradora do município de Acrelândia, distante 117 Km de Rio Branco, foi agredida e obrigada a fazer sexo com três homens na madrugada de quarta feira, 19,  em sua própria residência. O fato aconteceu no bairro Portelinha. A Jovem de 20 anos foi encontrada desacordada por familiares pela manhã.

Segundo informações repassadas a polícia, três homens não identificados pela jovem invadiram sua residência e a obrigaram a fazer uso de bebida alcoólica e praticar sexo com eles. Durante o estupro a vítima foi agredida, torturada em várias partes do corpo.

Policiais Militares estiveram no local e conseguiram chegar até um dos acusados e o prendeu e em seguida o encaminhou ao 3º Batalhão de polícia do município.

A jovem foi encaminhada ao Hospital geral do município, foi medicada e liberada e em seguida foi ouvida pelo Delegado Marcos Cabral. O Delegado também ouviu um suspeito de comandar o ato de violência. O nome não foi revelado para não atrapalhar nas investigações.

A família clama por justiça em frente ao Departamento da Polícia Civil.

Fotos: Cedidas

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.