Exercito boliviano prende avião com mais de 100kg de cocaína rumo ao Brasil

 

Quatro pessoas foram apreendidas; um boliviano, um brasileiro, um paraguaio e um peruano.

Três estrangeiros e um boliviano, foram presos pela Força Especial de Luta Contra o Narcotráfico – FELCN, em uma operação executada na localidade de Santa Ana, no departamento de Beni, onde conseguiram deter uma carga de 102 quilos de cocaína sendo levada num avião de pequeno porte para fora do País, segundo fontes do Governo boliviano.

As pessoas detidas e acusadas de envolvimento em negócios ilícitos com drogas, foram identificadas como: Joao Carlos Leandro Camboiros (37), oriundo do Brasil; Wilder David Roa Amarilla (28), paraguaio, José Vásquez Sánchez (56), peruano e o boliviano Gary Roca Alpire.

A aeronave retida, um Cessna modelo C-210G, sob a matrícula ZPX-036, foi apreendida juntamente com a toda a carga de cocaína pelo governo boliviano. Segundo representante, Jorge Perez, o grupo foi desarticulado graças ao trabalho de inteligência do força antidroga, que permitiu o trabalho das estancias benianas de Dois Irmãos e San Simon.

Foi descoberto que toda a carga teria o trajeto saindo da Bolívia, passando por países como o Paraguai e depois chegando ao Brasil. Todos os apreendidos foram levados para Trinidad e em seguida, transferidos para um presídio e a aeronave ficará sob custodia da Força Aérea Boliviana.

[Oaltoacre]

Foto: ElDeber


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.