Bope e Força Nacional participam de operações nos bairros de Rio Branco

Paulo Roberto, da TV Rio Branco

Para conter a onda de assaltos que vem ocorrendo na cidade durante os últimos meses, a polícia militar tem intensificado as operações em diversos bairros da capital acreana, principalmente naqueles que tem apresentando uma maior incidência desse tipo de crime. O trabalhou ganhou força com a inclusão do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e da Força Nacional de Segurança Pública.

O trabalho ganhou força depois da morte do motorista de ônibus Raimundo Marconi, ocorrida no final do mês passado durante um assalto.

Segundo o coronel Francisco Espíndola, comandante do policiamento operacional de Rio Branco, ações de enfrentamento a violência pela polícia militar foram desencadeadas no dia 29 passado e já percorreu as regionais 2,3,4, e 5.

Durante as operações, pessoas em conflito com a lei foram  presas, armas apreendidas e drogas tiradas das ruas. Para o coronel, que responde pelo policiamento operacional da capital, a polícia na rua leva sensação de segurança  para a população.

O subcomandante do batalhão de operações especiais Bope destaca o trabalho que vem sendo executado em parceria com a Força Nacional no combate a criminalidade nos bairros.

De acordo com Major Souza Filho, subcomandante do Bope, além de várias prisões realizadas nas operações, a polícia também  recuperou veículos que foram roubados e cumpriu diversos mandados de busca e apreensão. 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.