Flanelinha é assassinado a facadas em frente ao Pronto-Socorro de Rio Branco

O flanelinha João Paulo Camelo de Souza, de 38 anos, foi assassinado na madrugada desta quarta-feira (30) na Avenida Getúlio Vargas, em frente ao Pronto Socorro de Rio Branco.

O delegado Lucas Pereira, da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa, disse que, a princípio, o crime não teria ligação foi facções criminosas. Mas, que ainda não está descartada nenhuma hipótese. Ele também afirmou que já tem qual a motivação do crime, mas que prefere não divulgar no momento para não atrapalhar as investigações.

“A equipe de pronto emprego da Polícia Civil compareceu ao local dos fatos, realizou as diligências preliminares, a perícia também esteve lá e, com base nos dados colhidos, nós instauramos o inquérito policial para dar seguimento às investigações. Já constatamos a motivação do crime e em breve estaremos com autoria identificada e tomando as medidas cabíveis”, afirmou o delegado.

Próximo ao corpo da vítima foram encontradas duas facas de serrinha que podem ter sido usadas no crime. Após o trabalho da perícia, Souza foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) da capital.

 

[G1]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.