36 pessoas são presas em operação contra crime organizado na capital

As polícias junto com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Acre (Gaeco) fizeram uma força-tarefa na manhã desta quinta-feira (30) para cumprir 52 mandados judiciais contra uma organização criminosa que atua em Rio Branco.

Ao todo, 36 pessoas foram presas preventivamente. De acordo com a Polícia Federal, os presos são considerados lideranças regionais dos grupos criminosos. Também foram encontradas e apreendidas armas de fogo, drogas e dinheiro de tráfico de drogas.

A ação conjunta contou com homens das polícias Federal, Civil e Militar.

Dos 52 mandados, 16 foram de busca e apreensão e 36 de prisão preventiva contra o Primeiro Comando da Capital (PCC). Os mandados foram expedidos pelo Juízo da Vara de Delitos de Organizações Criminosas da Comarca de Rio Branco.

 

G1

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.