Adolescente é sequestrado e morto com 3 tiros por facção rival

Na manhã desta quinta-feira (28) Marcelo Souza Bezerra, de 17 anos, vulgo “Marcelino”, foi encontrado morto com 3 tiros na região de mata  às margens do Igarapé Judia, no Conjunto Habitacional Cidade do Povo.

De acordo com informações, o adolescente era membro da facção Comando Vermelho, morava no bairro Belo Jardim e teria sido visto andando no bairro Cidade do Povo.

 Segundo a polícia, Marcelo foi sequestrado por membros da facção rival Bonde dos 13, que o colocaram em um carro e saíram em alta velocidade.

Moradores que passavam na manhã desta quinta por um caminho que fica às margens do Igarapé Judia encontraram o jovem caído com três marcas de tiros no abdômen. Logo em seguida acionaram a Polícia Militar, que foi o local e confirmou que Marcelo estava morto. Ele foi encontrado com os braços amarrados e havia cortes de faca nas pernas e nos braços, sinais que apontam que antes de ser executado, o jovem foi torturado.

Policiais Militares do 2° Batalhão foram ao local para isolar a área para os trabalhos da perícia e em seguida o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), para os exames cadavéricos. Nenhum suspeito pelo crime foi preso até o momento.

O caso será investigado por agentes da Delegacia Especializada de Investigação Criminal (DEIC), mas acredita-se que a motivação seja a guerra entre facções criminosas.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.