Forças de segurança realizam operação em Plácido de Castro e Acrelândia

Seguindo o planejamento estratégico de combate à criminalidade, a Secretaria de Segurança Pública realizou no início na noite deste sábado, 24, operação “Fronteira” de combate à criminalidade em Plácido de Castro e Acrelândia, em ofensiva a crimes fronteiriços.

Durante a operação, coordenada pelo secretário Emylson Farias, as forças de segurança realizaram blitze em vários pontos das cidades, previamente identificados como os de maiores incidências de crimes e fizeram abordagens veiculares e a pedestres.

A presença das forças policiais tem inibido, principalmente, crimes fronteiriços, como tráfico de drogas e roubo de veículos.

“Semana passada realizamos operação em Brasileia e Epitacioalândia, hoje aqui em Plácido de Castro com saída para Acrelândia. A preocupação é sempre com a fronteira, que é a nossa maior dificuldade hoje no combate à criminalidade e à violência, isso não é atribuição nossa, é atribuição do governo federal, mas estamos fazendo nossa parte”, disse Farias.

Segundo o coronel Glayson Dantas, que acompanhou a ação policial, o fechamento da fronteira teve o apoio da Polícia Nacional Boliviana (PNB), o que demonstra integração no combate à criminalidade.

“As equipes foram divididas em quatro grupos e tivemos a participação da Polícia Nacional Boliviana apoiando no lado da fronteira e saída para Acrelândia e entrada principal da cidade, contamos também com apoio do grupo Raio que fez as intervenções dentro dos bairros”, observou o coronel Dantas.

 

 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.