Homem é condenado por feminicídio em Sena Madureira

Réu foi condenado a mais de 24 anos, em regime inicial fechado, por matar a namorada a pauladas.

A Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Sena Madureira condenou Antônio Zenilton Silva da Costa a 24 anos e 9 meses de reclusão, em regime inicial fechado, por matar a namorada a pauladas. O crime ocorreu em 2017.

Os jurados entenderam que o réu agiu por motivo fútil, utilizou recurso que dificultou a defesa e matou a vítima por razões da condição de sexo feminino, considerando feminicídio.

Segundo os autos, o réu, após uma discussão, armou-se com um pedaço de madeira e atacou a companheira, de 18 anos, com vários golpes na cabeça.  A vítima foi ainda espancada e asfixiada.

“As consequências são graves, em vista da perda repentina de uma jovem vida humana, que contava à época com apenas 18 anos de idade. Além disso, o crime deixou órfãos os dois filhos da vítima, ambos ainda crianças, de sorte que, por óbvio, crescerão sem a fundamental e imprescindível presença da mãe”, diz trecho da sentença.

 

TJAC


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.