No AC, homem morre ao sair de loja de conveniência e ser agredido após confundir carro com o de outra pessoa

Raimundo Vieira foi agredido e morreu em um posto de combustível, na madrugada deste domingo (20) após se envolveu em uma confusão. De acordo com o Centro de Operações Policiais Militares (Copom), ele estava em na loja de Conveniência Villa Beer, localizada no bairro na Vila Acre, 2° Distrito de Rio Branco, quando saiu do local para ir embora.

Pelas redes sociais, a equipe do Vila Beer se solidarizou com a família da vítima e informou que Vieira já tinha saído do estabelecimento quando a morte ocorreu. (confira a nota)

Ainda de acordo com o Copom, o sobrinho, que estava no local com a vítima, informou que Vieira, ao sair da loja, teria confundido seu veículo com o de outra pessoa e, quando percebeu que havia se enganado e ido até o carro certo, foi abordado por quatro homens.

Um deles deu um soco no rosto da vítima que, ao cair, bateu a cabeça no chão e ficou desacordada. O suspeito ainda tentou continuar batendo na vítima, mas foi impedido pelo sobrinho, ainda segundo informações do Copom. O homem que teria agredido a vítima fugiu do local em um veículo.

O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi acionado, mas Vieira já estava morto quando a equipe chegou ao local. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

 

Nota do Villa Beer

A equipe do Villa Beer se compadece diante do fato ocorrido e se solidariza com a família e amigos do senhor Raimundo Vieira.

Repudiando também informações que não se coadunam com a verdade, visto que, não ouve briga generalizada no estabelecimento. E o mesmo já se encontrava fechado em processo de organização interna das dependências.

Também neste domingo, o jovem Mizael Oliveira da Silva foi executado com seis tiros em frente à residência onde morava. O crime ocorreu na Travessa Santa Inês, no bairro de mesmo nome, no Segundo Distrito de Rio Branco.

 

[G1]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.