Polícia Civil segue com Operação Visibilidade na fronteira com a Bolívia, no interior do Acre

Assim como na capital, a Polícia Civil do Estado do Acre segue com a Operação Visibilidade também no interior.

Na tarde desta segunda-feira, 17, a Polícia Civil em Brasileia e em Epitaciolândia realizou ação simultânea visando coibir o aumento da criminalidade, sobretudo, crimes de roubo e tráfico de drogas.

A Visibilidade segue planejamento estratégico da Secretaria de Estado da Polícia Civil (SEPC) que age de forma preventiva e integrada aos demais órgãos de segurança do Estado.

Somente nos primeiros 17 dias deste mês, comparados com o mesmo período do ano passado, ja houve redução de mais de 60% nos números de homicídios. Esse decréscimo se deve ao conjunto de ações desenvolvidas pela Secretaria de Estado Segurança Pública (Sesp) e demais integrantes do Sistema.

De acordo com delegado Karlesso Nespoli, coordenador da regional Alto Acre, as ações seguem por tempo indeterminado.

“Estamos seguindo orientações da secretaria de Polícia Civil e intensificando nossas ações aqui na região de fronteira, sobretudo, para coibir crimes fronteiriços”, declarou Karlesso Nespoli.

 

 

ASSESSORIA

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.