Polícia Civil do Acre prende agressor que espancou mulher e descumpriu medida protetiva

Ascom/Polícia Civil

Na manhã da última  segunda-feira (15), policiais lotados na Delegacia Geral de Polícia Civil em Sena Madureira prendeu em flagrante agressor de Violência Doméstica. 
A vítima compareceu à Unidade de Polícia Judiciária apresentando várias lesões no rosto, razão pela qual foi imediatamente encaminhada para sala de atendimento adequado (Projeto Bem-Me-Quer Sena), tendo sido realizados todos os procedimentos de polícia judiciária e formalização do respectivo Auto de Prisão em Flagrante do agressor que já tinha medidas protetivas deferidas em seu desfavor e histórico de violência doméstica pretérita. 

Ante a gravidade do caso e visando resguardar a integridade física e psicológica da vítima, já bastante afetadas, e diante da presença dos requisitos legais, a Autoridade Policial Delegada Mariana Gomes representou junto ao Juízo da Comarca pela Prisão Preventiva do agressor, a qual foi deferida com expedição do consequente Mandado de Prisão que foi devidamente cumprido, tendo o agressor sido encaminhado ao Presídio Evaristo de Morais na presente data.

A Delegada Mariana Gomes ressaltou que, em que pese a Polícia Civil estar de luto pelo falecimento do policial lotado em Sena Madureira, as atividades da PC não pararam em momento algum mesmo estando o Estado do Acre em Bandeira Vermelha.

 “Estamos comprometidos em cumprir com a função constitucional de polícia judiciária e a apuração de infrações penais com atuação combativa em todos os crimes, inclusive e especialmente nos que envolvem VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E FAMILIAR CONTRA A MULHER, sendo certo que a lei Maria Da Penha descreve que as formas de violência contra a mulher configuram violação aos direitos humanos, ocorrendo, em casos dessa natureza, então, a intervenção imediata da Polícia Civil, exatamente como ocorreu no caso apresentado”.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.