Iapen implanta ambiente virtual de avaliação e capacitação para servidores do sistema penitenciário

Com o objetivo de enriquecer a oferta de capacitação e facilitar o processo de avaliação dos servidores, o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) lançou, na manhã desta segunda-feira, 13, o Ambiente Virtual de Avaliação e Capacitação (Avac). A plataforma auxiliará nas ações desenvolvidas pela Escola do Servidor Penitenciário (ESP).

O Avac foi desenvolvido pelo setor de Tecnologia da Informação e Comunicação do Iapen e é uma versão da plataforma Moodle, Sistema de Ensino à Distância utilizado mundialmente e otimizado para uso em EAD. Ele oferece ferramentas necessárias para realização de cursos e demais atividades de formação não presenciais, podendo ser acessado de qualquer lugar onde haja uma conexão com internet e um navegador atualizado.

De acordo com a diretora da ESP, Helena Guedes, a implantação do Avac já vinha sendo estudada pela equipe e, diante da atual situação provocada pela pandemia de Covid-19, houve a necessidade de dar maior celeridade ao projeto.

“Além de cursos à distância, os servidores poderão realizar avaliações para promoção utilizando o Avac. Isto representa um grande avanço, principalmente, para os servidores do interior do estado, que não precisarão se deslocar até a capital para participar dos cursos e nem para realizar a avaliação da promoção, facilitando a logística e gerando economia para os cofres públicos”, ressaltou a diretora.

Para o presidente do Iapen, Arlenilson Cunha, este é um momento ímpar que materializa um grande avanço na formação profissional dos servidores do Iapen. “O Avac contempla muito o Iapen no que tange ao fortalecimento, porque entendemos que tudo passa pela formação. Se nós queremos ser uma instituição forte, nós precisamos de uma boa formação e o Avac possibilita isso”, disse aos servidores presentes.

Ele também destacou o fato de a plataforma ter sido idealizada por servidores da própria instituição e funcionar com software livre, o que possibilita a utilização a custo zero. Além disso, o presidente ressaltou os ganhos na formação dos servidores. “Nós temos cerca de 700 servidores em período de promoção que em 2021 precisarão realizar a prova. O servidor que se deslocava de Cruzeiro do Sul até Rio Branco hoje não precisará mais. De lá, ele vai acessar a plataforma. Isso marca de forma significativa o Instituto, pois nós vamos ter formação continuada, avaliação de promoção e cursos autoinstrucionais”, afirmou.

O secretário de Justiça e Segurança Pública, Paulo Cézar Santos, explicou que o momento representa o cumprimento do princípio constitucional da eficiência administrativa. “É através da formação continuada dos quadros que a qualidade e, principalmente, o fortalecimento do capital intelectual da instituição permitirá alcançar resultados diferentes. São iniciativas como essa que nos fazem buscar outros parâmetros para a administração”, disse.

 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.