Operação "Despudor": Homem é preso pela PF por estuprar criança e publicar vídeo na internet

Por Marcelina Freire

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira, 14, em Rio Branco, a "Operação Despudor", e prendeu um homem por estuprar e publicar o vídeo na internet em uma rede social. Foram cumpridos dois Mandados de Busca e Apreensão, expedidos pela Justiça Federal de Rio Branco.

No aparelho celular do suspeito que foi apreendido a polícia encontrou material de pornografia infantil. Segundo a PF, o caso foi denominado “despudor”, pois o suspeito sem nenhum receio ou vergonha publicou abertamente em rede sociais o abuso sexual praticado contra uma criança.

Ainda de acordo com a polícia federal “as investigações se iniciaram no Núcleo de Repressão aos Crimes de Ódio e Pornografia Infantil pela Internet (NURCOP) da Divisão de Repressão a Crimes Cibernéticos (DRCC), situado em Brasília e versam acerca das condutas de (I) estupro de vulnerável, (II) produção de vídeo contendo pornografia infantil e (III) armazenamento e compartilhamento do referido material”.

A PF informou em nota à imprensa, que o núcleo produziu um minucioso Relatório, com as informações enviadas pelo National Center For Missing And Exploited Children organização não governamental, sem fins lucrativos, que recebeu apoio do Governo norte-americano para estabelecer um mecanismo centralizado de recebimento de denúncias sobre crimes relacionados a abuso sexual infantil e desaparecimento de crianças.

 Ainda segundo a polícia, a ONG “recebe alertas de prestadores de serviços de conexão e internet de suspeita de exploração sexual infantil que trafeguem em suas redes. Os casos suspeitos são encaminhados à Polícia Federal para investigação”. O homem foi encaminhado à sede da PF e vai responder pelos crimes de estupro de vulnerável e pelo armazenamento dos vídeos com as crianças.

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.