Presos em flagrante, suspeitos de matar jovem em Porto Acre ganham liberdade provisória

 

Marcelina Freire

A justiça determinou a soltura dos  suspeitos de matar o jovem Thiago Sobrinho de Moura, de 20 anos na noite de sábado, 10, no município de Porto Acre. Jocilândio Silva de Araújo, de 38 anos e Edson Queiroz da Costa, de 66, foram soltos após a audiência de custódia realizada ontem,11. Os dois foram presos em flagrante após cometerem o crime, em um ramal, zona rural do município.

Thiago Moura foi morto a tiros, o rapaz participava de uma bebedeira em bar da região quando foi atingido pelos disparos. O Serviço de Atendimento Móvel  de Urgência (SAMU) foi acionado mas apenas constatou o óbito. A polícia também foi chamada e em pouco tempo prendeu os suspeitos. 

A prisão em flagrante dos dois suspeitos de terem cometido o crime foi homologada, mas na decisão, a justiça entendeu  que a dupla não demostra perigo a ordem pública por isso podem aguardar o andamento do processo em liberdade. Os dois foram liberados sem o pagamento de fiança. 

“Os flagranteados não demonstram ser perigosos, no sentido de que, se soltos forem, irão ameaçar a paz e a harmonia sociais, razão pela qual não vislumbro que a ordem pública esteja ameaçada. Ante o exposto, concedo liberdade provisória aos indiciados ambos devidamente qualificados nos autos, sem o pagamento de fiança”, diz o documento.

Com a decisão os dois deverão cumprir medidas cautelares como: comparecer mensalmente em Juízo para informar e justificar suas atividades, exceto no período de pandemia; ficam proibidos de frequentar bares, boates, casas noturnas, locais que explorem jogos e que haja consumo de bebida alcoólica; e também estão proibidos de se ausentar da comarca, sem autorização judicial, por mais de oito dias.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.