Foragido da Justiça do Acre é preso na Paraíba após praticar assalto com sequestro

Da redação

Um foragido da justiça do Estado do Acre foi preso em João Pessoa durante uma operação realizada pela Polícia Militar da Paraíba no último final de semana. Foi preso junto com o acusado, que não teve o nome revelado e nem as suas iniciais, outro homem que responde por assaltos á residências na região metropolitana na capital paraibana. Os acusados foram apresentados na Central de Fragrantes do João Pessoa.

De acordo com informações da PM, os suspeitos chegavam a sequestrar as vítimas durante as ações criminosas.  Militares informaram que o último crime praticado pelos acusados foi na noite da última segunda-feira (6), em uma casa na praia de Jacumã, no Litoral Sul, onde eles fizeram uma família refém e fugiram levando o carro com uma das vítimas dentro, que foi abandonada no Colinas do Sul, em João Pessoa.

“Eles estavam circulando neste carro levado na última segunda-feira e tentaram fugir de uma blitz da Operação Impacto, que estava acontecendo no bairro de Cruz das Armas, mas foram interceptados pelo Batalhão Especializado em Policiamento com Motocicletas no bairro de Jaguaribe, onde foi apreendido um revólver cal.38”, disse o subcomandante do 1º Batalhão, tenente-coronel M Lima.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.