Polícia Federal investiga irregularidades no Senai do Distrito Federal

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta sexta-feira (10) a Operação Sierra. É para investigar irregularidades cometidas pelas administrações regionais do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai - e do Instituto Euvaldo Lodi – IEL - no Distrito Federal. 

Segundo a PF, as investigações apontam que o IEL firmou contratos de prestação de serviços com empresas de propriedade de dirigente do Sistema S, o que é proibido por lei. As empresas beneficiadas receberam cerca de R$ 3 milhões. Na ação, os policiais federais deram cumprimento a quatro mandados de busca e apreensão no DF e no Rio de Janeiro.

Os envolvidos podem responder pelos crimes de furto qualificado, falsidade documental e associação criminosa, com penas que podem chegar a 16 anos de reclusão.

Procurada pela Agência Brasil, a Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra), da qual o IEL-DF faz parte, não se manifestou sobre a operação.

 

[Agência Brasil]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.