Optometrista é preso por exercício ilegal da profissão

A polícia divulgou nesta quarta-feira (09) que prendeu no município de Plácido de Castro, Marcelo Lessa Holanda por crime de exercício ilegal de profissão ao ser flagrado realizando consultas de optometria de graça em praça pública sem amparo legal, para beneficiar donos de ótica na cidade. 

De acordo com a polícia, eles foram acionados por um promotor público que já havia descoberto todo o esquema. Marcelo foi flagrado em plena praça pública daquele município, realizando consultas de optometria. Com ele, ainda havia dois funcionários de uma ótica da cidade a qual ele direcionava para a compra de lentes e armações após a consulta.

O optometrista realizava medições de amplitude visual nos clientes e fazia prescrição médica sobre o tipo de lente que deveriam usar. A partir daí, ele os encaminhava aos outros dois funcionários da ótica que eram responsáveis por receber o dinheiro e previamente, reservar as armações de óculos para a compra das lentes na ótica. As lentes normalmente eram vendida entre os valores de R$ 180,00 à R$ 800,00 reais.

Diante do flagrante, Marcelo recebeu voz de prisão e foi encaminhado juntamente com todo o material que utilizava para exames a Delegacia daquele município onde foi elaborado um Termo Circunstanciado de Ocorrência, tipificado no crime de exercício ilegal da profissão.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.