Segurança Pública recupera mais de mil veículos roubados em 2019

Dados disponibilizados pela Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp) mostram que, no período de março a novembro deste ano, mais de mil veículos com restrição de roubo ou furto foram recuperados no Acre. Além da implantação do cerco eletrônico este ano, as ações de repressão ao crime contra a vida e ao patrimônio foram reforçadas.

Para os especialistas em segurança, o roubo ou furto de veículos tem se tornado cada vez mais frequente em todo o país. Automóveis e, principalmente, motocicletas têm sido usados para a prática de outros crimes, dificultando a identificação dos suspeitos. No Acre, grande parte desses veículos são levados para a região de fronteira, onde são facilmente trocados por armas e drogas.

Para coibir a peculiar prática e controlar os índices de crimes não só contra o patrimônio, mas também contra a vida, o Sistema Integrado de Segurança Pública realiza diariamente operações com abordagens em pontos estratégicos e atua em parceria com as forças de segurança dos países de fronteira. Além disso, em março deste ano, foi implantado, a princípio na capital, uma ferramenta de última geração para o rastreio e recuperação de veículos com restrição de crime.

“A tecnologia está a serviço da segurança pública para uma ação mais célere, tendo em vista que, após a instalação do cerco, aumentou em mais de 50% a recuperação de veículos furtados e roubados, principalmente na capital. Entre os meses de março e novembro deste ano, foram 1.059 veículos capturados, tudo com a ajuda do sistema de monitoramento”, frisou o secretário de segurança, Paulo Cézar dos Santos.

 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.