PF deflagra operação e alvo é organização que roubava carteiros no Acre

A Policia Federal em cooperação com a Policia Militar do Acre deflagrou nesta quinta, 5, a Operação “Rapina” com o intuito de combater em Rio Branco as constantes praticas de roubos a mão armada realizados contra Carteiros da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.

Na operação foram cumpridos em um todo seis mandatos judiciais, todos na capital. Sendo um mandato de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão.

As investigações iniciaram em abril de 2022 e ao seu decorrer eles vinham recebendo diversas informações do correios referentes a práticas de roubo contra os seus colaboradores.  Levando em conta o que se foi repassado eles perceberam que os assaltantes agiam com muita violência obrigando as vitimas a irem a outro local, onde se juntavam com outros membros da organização, a fim de se apropriar das encomendas que estavam dentro do veículo dos correios.

Devido à forma violenta que o roubo era cometido à operação foi denominada “Operação Rapina” que faz menção a ave predadoras que são popularmente conhecidas por raptar suas presas.

A pena para os investigados pode ultrapassar 15 anos de reclusão, pois os mesmos responderão por três crimes, sendo eles o roubo qualificado art. 157 §2, II e  §2-A , I do C do Código Penal e Organização criminosa no qual é previsto no artigo 2 da Lei 12.850 de 2013.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.