Polícia Civil prende suspeito de decapitar jovem no Belo Jardim e identifica coautores

Ascom/Polícia Civil

Em uma ação rápida dos agentes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa – DHPP, foi possível prender em flagrante, na manhã da última quarta-feira, 03, um dos autores do crime de homicídio que vitimou Samuel Conceição da Silva, 18 anos.

 O jovem foi morto com requintes de crueldade em uma área de mata, no Ramal da Zezé no bairro Belo Jardim II. 
A vítima, que teria vindo recentemente da cidade de Cruzeiro do Sul, foi sequestrada, torturada e decapitada por membros de uma facção criminosa.

Logo após ter ciência do crime, agentes da DHPP empreenderam diligências na região do Belo Jardim, prendendo em flagrante W.C.A., 18 anos, sendo este o principal suspeito da execução. 

Os policiais já identificaram outros participantes desse crime bárbaro, e segundo o delegado Ricardo Casas, que preside o inquérito policial, elementos de informação estão sendo enxertados no procedimento para subsidiar novos pedidos de prisão de outros envolvidos.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.