PRF apreende mais de 110 kg de cabelo humano, produto seria levado para GO

Por Marcelina Freire

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou nesta quarta-feira, 02, uma apreensão de 111 kg de cabelo humano importado de maneira irregular. O flagrante aconteceu durante fiscalização na BR-317, no município de Capixaba, o produto vinha do Peru e seria comercializado no estado de Goiás. A mercadoria e o veículo foram apreendidos. 

Segundo a PRF, " os policiais determinaram parada a um condutor de um automóvel com uma mulher de passageira. Durante a fiscalização, no porta-malas do veículo, foram localizados vários pacotes contendo cabelo humano natural. A passageira informou que havia adquirido a mercadoria de um peruano em Assis Brasil, na fronteira com o Peru, e que teria intenção de comercializar os produtos na cidade de Goiânia (GO).

Os agentes da PRF perceberam várias diferenças nas notas apresentadas pela suposta compradora, como quantidade inferior ao aferido na balança, valor abaixo do mercado e ausência de desembaraço aduaneiro, incluindo outros. Ao constatar as irregularidades,  a mercadoria e o veículo foram apreendidos e encaminhados à Sede da Polícia Federal na capital acreana.

Além disso, outra ação da PRF resultou na recuperação de uma motocicleta com restrição de roubo, o  caso aconteceu no início da madrugada desta quinta-feira, nas proximidades da Corrente, na BR-364, em Rio Branco. Outra equipe da PRF avistou duas pessoas em uma motocicleta sem placa e ordenou que o condutor parasse; entretanto, o motorista desobedeceu a determinação e empreendeu fuga. 

"No mesmo instante, os PRFs iniciaram acompanhamento tático com o objetivo de abordar os evadidos. Vários quilômetros foram percorridos até que o condutor e o passageiro da moto abandonaram-na e entraram na mata densa. Os policiais ainda realizaram várias buscas no local e confirmaram nos sistemas que o veículo havia sido roubado no final do mês passado. A motocicleta apreendida foi levada para a Delegacia de Polícia Civil para em seguida ser restituída ao proprietário". 

Área de anexos


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.