Casal é preso fazendo sexo em estacionamento de pub nos EUA

Um casal foi preso pela polícia de Bradenton, na Florida, Estados Unidos, quando fazia sexo no estacionamento de um pub, na última terça-feira, dentro de uma picape. As informações são do site Daily News.Os clientes do bar que circulavam pelo local presenciaram os atos libidinosos, e testemunhas contaram às autoridades que viram desde as preliminares, quando os dois faziam sexo oral, por volta das 6 da manhã.

O xerife local relatou que quando chegou ao estacionamento do pub Beef ‘O'Brady's, April Newcomb, 42 anos, gemia e tinha suas pernas entrelaçadas em Brandon Tinyes, 20. A mulher se defendeu dizendo que ambos "eram amigos e estavam fazendo sexo".

Os dois foram presos acusados de ato libidinoso e lascivo e exposição dos ógãos sexuais. 

Essa não é a primeira vez que Newcomb é detida. Em 2010, ela foi presa após aparecer em um vídeo torcendo por sua filha quando esta lutava contra outra adolescente em razão de um garoto mais velho. Nas imagens, Newcomb grita para sua filha: "não para (de bater)" e "soca ela no corpo". Detida por abuso infantil na ocasião, sua acusação foi diminuída para contravenção.

 

 

Fonte: Terra


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.