Asteroide com força nunca antes vista pode atingir a Terra

 

Cientistas da Universidade de Tennesse, na cidade de Knoxville, Estados Unidos, descobriram que um asteroide gigante e de forças nunca antes encontradas pode atingir a Terra no ano de 2.880, causando grandes danos – podendo marcar o “fim do mundo”. As informações são do Daily Mail.

Apesar de as chances de choque ser de apenas 0,3%, os estudiosos já pesquisam uma forma de combater o asteroide, evitando qualquer desastre. 

O asteroide foi visto pela primeira vez ainda na década de 1950, sendo nomeado 1950 DA. Como possui 1000 metros de diâmetro e gira numa velocidade impressionante, o corpo celeste deveria se despedaçar em vários pedaços, mas isso não está acontecendo. Desta forma, os cientistas descobriram que ele pode ser unido por uma força de coesão chamada de van Der Waals. Isso significa que o asteroide tem gravidade negativa.Por causa desse fator, os cientistas não sabem lidar com a destruição desse asteroide. A existência de van Der Waals tem sido prevista em pequenos asteroides, mas as evidências nunca foram vistas antes do 1950 DA.

Os cientistas afirmaram que não há motivos para preocupação, já que as chances de a rota do asteroide coincidir com a Terra são mínimas. Ademais, desde 2000, o nosso planeta foi atingido mais de 20 vezes por estes corpos celestiais. 

As pesquisas foram publicadas na edição desta semana da revista científica Nature. 

 

Fonte: Terra


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.