Novos surtos de Covid levam China a adiar casamentos e cancelar centenas de voos

Autoridades de Pequim cancelaram centenas de voos e pediram a seus cidadãos que remarquem casamentos e realizem funerais mais curtos, além de outras medidas de contenção para impedir novos surtos de Covid-19 antes do início dos Jogos Olímpicos de Inverno, marcados para começar no dia 4 de fevereiro de 2022. 

O país mais populoso do mundo manteve os casos de coranavírus sob controle desde o fim do primeiro grande surto em Wuhan, no início de 2020, graças às medidas de tolerância zero adotadas pelo governo, incluindo o fechamento de fronteiras, confinamentos e longos períodos de quarentena. Mesmo assim, o país atualmente enfrenta novos surtos em várias regiões que recebem muitos turistas. Este cenário levou as autoridades a ordenarem que milhões de cidadãos em várias cidades que fiquem em casa, restrinjam as viagens entre as províncias e se submetam a testes de detecção de coronavírus. 

O número de casos continua muito mais baixo do que na maioria dos países, com 48 novas infecções notificadas nesta sexta-feira. Não são registradas mortes no país pela doença desde abril. Ainda assim, o governo chinês prefere não correr riscos. As autoridades impuseram um confinamento a dezenas de milhares de pessoas em Pequim, capital do país e cidade que sediará os Jogos Olímpicos de Inverno no próximo ano, após a detecção de alguns casos de coronavírus.

— Deve-se adiar casamentos, realizar funerais curtos, não organizar jantares e reduzir reuniões desnecessárias — declarou o vice-diretor do Centro de Controle de Doenças da China,  Pang Xinghuo,  em entrevista coletiva. Além disso, os locais turísticos vão limitar a capacidade, enquanto o recém-inaugurado complexo de parques da Universal Studios em Pequim vai entrar em "estado de emergência para prevenção epidemiológica", segundo anunciou o vice-diretor do Gabinete de Informação, Xu Hejian. Segundo a plataforma chinesa Feichangzhun, especializada em aviação civil, metade dos voos dos dois principais aeroportos da capital foi cancelada hoje. Na frente dos centros médicos da capital, longas filas se formavam, com pessoas esperando para fazer o teste e cumprir os rígidos controles implementados pelas autoridades sanitárias chinesas.

[oglobo]


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.