Estado peruano que faz fronteira com o Acre anuncia o primeiro falecimento por Covid-19

Por Wanglézio Braga

O Departamento de Madre de Dios, no Peru, que faz fronteira com o Estado do Acre por Assis Brasil anunciou, no último final de semana, a primeira vítima fatal por Covid-19. Trata-se de uma senhora de 72 anos, com quadro de comorbidade. Ela vivia na Zona Rural do Distrito de Belo Horizonte, onde foi enterrada em um cemitério da comunidade.

A primeira vítima fatal por Covid-19 em Porto Maldonado, capital de Madre de Dios, parada obrigatória para quem segue até as cordilheiras dos Andes, faleceu no Hospital de Santa Rosa por complicações respiratórias. Ela foi levada em estado crítico ao hospital, segundo o governo peruano e faleceu por volta das 7h30mim do sábado (25).

Em vídeo, o governador peruano Luis Hidalgo Okimura, expressou condolência aos familiares e ressaltou a necessidade de ficar atentos às infecções por Covid-19 que vem crescendo no departamento. Por lá, 87 pessoas testaram positivo para o novo coronavírus. Dois pacientes estão internados em estado grave. 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.